Archive for February, 2008

02h20

Friday, February 29th, 2008

São exatamente 02h20 da manhã e acabei de chegar em casa vindo do show do Guto e Nando que quaaaase não aconteceu. Mas, como esses dois são abençoados por Deus e têm o maior respeito por seus amigos e fãs, tivemos a melhor noite de nossas vidas! Vanessa, Giselle e todo o clã e a fina nata dos Moser estão agora a caminho de Joinville e eu estou baixando as fotos e vídeos que fizemos, portanto, somente hoje à noite é que falarei tudo com maiores detalhes, afinal de contas, às 6h00 eu já estarei de pé bem linda, bem tudo para mais um dia de trabalho.

Por hora, a única coisa que posso dizer é que Guto e Nando são as pessoas mais maravilhosas que eu conheço e eu muito me orgulho de ser fã e amiga deles. Por eles, eu faço tudo e não me arrependo de nada! Eles são show! Momentos como esses, na vida da gente, não têm dinheiro que pague e só Deus mesmo pra dar a esses meninos toda a felicidade do mundo que eles merecem!

                                         

Consigo x não consigo

Friday, February 29th, 2008

Coisas que eu tenho conseguido fazer ultimamente:

  • – beber um litro de água por dia
  • – comer pelo menos 3 frutas diferentes antes do almoço
  • – beber um copo de suco natural à tarde
  • – acordar às 6h da manhã sem enrolação
  • – ir a shows durante a semana
  • – dormir por cima das cobertas
  • – cochilar no ônibus da empresa sem perder o ponto (nem a compostura!)

Coisas que eu não tenho conseguido fazer ultimamente:

  • – ir dormir antes da meia-noite
  • – responder prontamente a todos os e-mails que recebo
  • – comer carne no almoço
  • – ficar em ambiente fechado com fumante
  • – ir ao cinema
  • – ler um livro
  • – tomar café-da-manhã em casa
  • – caminhar à noite na praia
  • – comer menos chocolate

29 de Fevereiro

Friday, February 29th, 2008

E chegou o último dia do mês de Fevereiro de um ano bissexto. Agora estamos mais perto da Páscoa, uhuuuu!!

                            

Proteção divina

Thursday, February 28th, 2008

Quando eu digo que alguém lá em cima gosta de mim e que sou atendida em tudo que peço, o povo não acredita. Mas vejam se não tenho razão. Moro há 4 anos aqui em SC e nunca, nunquinha, eu tinha sido parada em uma blitz policial. Até há duas semanas.

O guarda fez aquele temido sinal de ‘encosta’ e eu já fui logo amarelando… claro, consciência pesada dá nisso. O documento do carro era uma xerox colorida e eu bem sei que isso não é mais permitido (nem com carimbo do Detran!!).

Enfim, saí do carro toda sorridente e fui pegar a bolsa no porta-malas, resquícios de uma vida toda morando em SP temerosa de ser assaltada em algum cruzamento. Peguei o documento, coloquei a carteira de motorista em cima e entreguei ao policial.

Ele olhou, conferiu o número da placa e… empombou. Sim, empombou com as duas fitinhas que eu tenho penduradas na placa do carro: uma de Nosso Senhor do Bonfim (que um chefe uma vez me trouxe da Bahia) e outra do Cristo Luz (que eu mesma me presenteei quando fui lá pela primeira vez, logo que cheguei à cidade). Ele disse que não podia, que atrapalhava a visão, que isso e que aquilo e que eu tinha que tirar (isso porque ele não reparou na quantidade de adesivos colada no vidro traseiro!).

E eu, toda cumpridora da lei, prometi que tiraria assim que chegasse à empresa. Tá, que tirei, tirei nada, apenas mudei de lugar e pronto. Mas anteontem, quando me dei conta que tinha esquecido de pagar o IPVA do carro em Janeiro (meu carro ainda está com placa de SP), resolvi checar quanto e quando eu teria que pagar e peguei novamente o documento do carro para verificar o número do Renavam.

E qual não foi minha surpresa quando vi que no documento estava escrito "Exercício 2006"… "Exercício 2006??? O queeeeee? Eu esqueci de pagar o IPVA e licenciar o carro no ano passado e tô rodando por aí literalmente sem lenço nem documento e ainda renovei a carteira de motorista com o documento do carro desatualizado?????".

É pracabá… e o guarda ainda pegou meu documento na mão! E olha que ele ainda perguntou se eu era de SP e se eu morava aqui (afinal de contas, eu rodo aqui e pago IPVA para outro Estado, vamos e venhamos, não é justo!). 

Mas é aí que vem a justiça (e a proteção divina!!): se não fossem as tais fitinhas abençoadas, ele com certeza teria visto que os pagamentos estavam atrasados e poderia, inclusive, ter mandado eu largar o carro ali mesmo e pagar uma bela multa e só retirar o carro do Detran depois de tudo acertadinho, preto no branco, certo???

Certíssimo! Muito obrigada, Nosso Senhor do Bonfim e Cristo Luz… se não fossem vocês dois, eu estaria agora andando à pé! É o que eu sempre digo: em casa de ferreiro, espeto é de pau. Sou uma excelente secretária na empresa, mas em casa… eu me demito por JUSTA CAUSA!!!!

E amém nóis tudo! Ah, tá, claro, não se preocupem, meu despachante em SP já está regularizando a situação, tsc tsc tsc vexame!!!!

Não convido mais

Thursday, February 28th, 2008

Hoje é dia de show de Guto e Nando aqui em Balneário Camboriú, na Choperia Mein Bier e eu estou super animada. Aliás, não só eu, mas as amigas VanessaGiselle e toda a trupe Moser virão de Joinville, a quase 100 km daqui, só pra ver os meninos, que merecem todo nosso apoio e carinho. E não se importam em ter que dirigir na volta, chegar em casa de madrugada e ir trabalhar feito zumbi de tanto sono, não, o amor pela dupla é muito maior.

Mais que isso, o amor pela vida, pela diversão, o respeito pelos amigos e a paixão pela música é que as movem e me move também. E é por isso que eu fico ‘p’ da vida quando eu convido alguém para um evento desses e ouço "Ah, mas é tarde, eu tenho que trabalhar amanhã" ou "Ah, não, eu tô cansada"… cara, a gente tem o resto da vida pra descansar, vai reclamar por causa de uma noite com menos horas de sono, mas em compensação mais horas de alegria?

Eu já decidi: não convido mais ninguém, pronto. Só vou avisar: estou indo. Como também não vou convidar mais ninguém para me visitar em SC. Eu convido, ofereço minha casa, faço city tour de graça, pago jantar e tudo o mais e ouço "Ah, eu vou ver um final de semana ou um feriado e vou"… e nada de chegar o tal final de semana ou o tão esperado feriado.

Será que sou eu a chata? Não, nesse caso, não sou nem um pouco modesta em dizer que eu sou é super legal, as pessoas é que são preguiçosas e têm medo de gastar dinheiro. Aviso: quando morrerem, vai ficar tudo aí, pro governo, bem feito!

Eu não quero mais saber, eu vou é me divertir e não vou ficar facilitando as coisas pros outros. Se quiserem me acompanhar e se quiserem me visitar, que façam por merecer e corram atrás. A vida é curta e a gente tem que aproveitar da melhor forma possível. E hoje à noite, enquanto a maioria estiver na cama, envelhecendo sem perceber, eu e a família Moser estaremos nos divertindo muito e ganhando muitos mais anos de vida embalados ao som de Guto e Nando!

Desperdício

Wednesday, February 27th, 2008

Eu sei que ralei o dia todo de trabalhar, eu sei que minha posição na empresa me permite essa regalia, eu sei que é tarde e que o ônibus da empresa já foi embora, eu sei que é perigoso pegar ônibus na estrada a essa hora da noite… mas dá uma sensação tão estranha ter que chamar um táxi para me levar pra casa de uma cidade a outra sendo que o valor da corrida vai ser quase o mesmo que eu pago para encher o tanque do meu carro… putz!

Sabe aquela sensação de desperdício, de "se eu tivesse saído no horário, não teria sido necessário o táxi", e "esse motorista que vai voltar sozinho por esta estrada"… Eu sei que ele tá ali pra isso, que ele faz isso todos os dias, que existe uma empresa ganhando com isso… mas a sensação de desperdício bate fundo, nossa! Eu me sinto mal até em ir no banco de trás, acreditam?

Eu puxo papo com o motorista, eu converso sobre a música que tá tocando no rádio, eu observo a paisagem… tudo para que o tempo passe mais rápido e eu chegue em casa sem aquela sensação de culpa. Isso, isso mesmo, é como se eu me sentisse culpada. E eu não tenho culpa, isso é a coisa mais corriqueira do mundo, mas eu encuco.

Talvez pelo fato de sempre cuidar para não desperdiçar, para não estragar, para não gastar à toa, para economizar… tá, o meu trabalho tá trazendo um baita lucro pra empresa, mas não é por isso que eu vou abusar, não é mesmo?

Realmente, eu não nasci pra ser rica e abusar das regalias, hehehehe eu sei que mereço uma vida boa, mas ainda não consigo admitir a idéia de agir como madame! Não está em mim, não sou eu, definitivamente não! Em tempo: querem me dar cartão de crédito corporativo, mas já avisei que tô fora!!!

                              

Dia de vacinação

Tuesday, February 26th, 2008

Hoje foi o dia tão temido aqui em casa: dia de vacinação nos gatos. A veterinária, amiga minha, veio ‘disfarçada’, sem o uniforme, mas não adiantou: bastou ela entrar em casa, para eles correrem um pra cada lado, já sacando o que ia acontecer.

Ela é habilidosa e tudo, mas quando você se depara com um gato fazendo ‘fussss’ na sua cara, qualquer um tem medo. Menos eu. Seguro firme e forte, enquanto converso e faço carinho neles… apenas alguns segundos e poucos miados depois e a vacina é dada. São 7 gatos, 2 vacinas cada (anti-rábica e quíntupla felina) e muito pêlo voando pela casa. Quanto mais nervosos e agitados eles ficam, mais pêlos eles soltam.

Mas eu não sei o que dói mais, se não os R$ 420,00 que eu paguei ou os arranhões em meu braço pelas tentativas de escape. Pra falar a verdade, o que dói mais mesmo é ver a carinha de pavor deles, putz, isso me pega lá no fundo. Fora o ‘ai, me dá colo’ que eu não aguento!

E eu dou muito colo, muito carinho, muito xamego. Sai caro ter um bichinho? Sai, mas vale a pena, ô se vale. Dinheiro gasto com vacinas é o dinheiro mais bem empregado com um bichinho de estimação, pois eles ficam protegidos contra várias doenças que, fatalmente, me fariam gastar muito mais.

Mas pensam que parou por aí? Nããão… numa rápida avaliação, 3 dos 7 gatos terão que fazer novamente uma limpeza de tártaro e extração de alguns dentes… e lá se vão mais algumas centenas de reais. Ai, ai… mas não posso reclamar.

Não fossem eles, talvez eu estivesse gastando dinheiro com cigarros, drogas, álcool e remédios em geral, fora as terapias e o consumismo desenfreado causados pela depressão e falta do que fazer. Pelo menos desse mal eu não sofro!

Posso ser sozinha, mas NUNCA estou nem me sinto sozinha!

                                   

Desencannes

Tuesday, February 26th, 2008

Meu primo Enéas me mandou umas pérolas da propaganda que eu achei o máximo e fui atrás do site para ter maiores informações, pois duvidei que algumas fossem verdade. E achei o Desencannes. Vocês já viram? É um barato! Como eles mesmo se definem, "Desencannes é a propaganda que não existe. Imaginária. Engraçada. Absurda. Sem compromisso. A publicidade fazendo humor de si mesma. Para brincar e se divertir". E eu me diverti muito com eles e tenho certeza que você também vai!

A seguir, uma de sus propagandas para refletir e pensar duas vezes antes de dizer que minha casa tem muito pêlo de gato…

sabonete.jpg

Paixão

Monday, February 25th, 2008

paixão1
pai.xão1
sf (lat passione) 1 Sentimento forte, como o amor, o ódio etc. 2 Movimento impetuoso da alma para o bem ou para o mal. 3 Mais comumente paixão designa amor, atração de um sexo pelo outro. 4 Gosto muito vivo, acentuada predileção por alguma coisa. 5 A coisa, o objeto dessa predileção. 6 Parcialidade, prevenção pró ou contra alguma coisa. 7 Desgosto, mágoa, sofrimento prolongado. 8 Os tormentos padecidos por Cristo ou pelos mártires.

Este é um dos significados da palavra paixão que aparecem no Michaelis – Moderno Dicionário da Língua Portuguesa e, sem surpresa alguma, tinha que ser um vocábulo feminino. Nós, mulheres, somos sempre as mais apaixonadas, aquelas que vão do ódio ao amor em questão de segundos e vice-versa e fazem tudo de forma exagerada.

E eu não posso negar, eu não sou exceção. Eu sou apaixonada e exagerada. Apaixonada pela vida e exagerada nos meus atos. Tudo que faço tem um ‘q’ de paixão e se eu não tiver paixão pelo que faço, não sou feliz.

Literalmente, eu tenho que ter tesão pela coisa, seja ela meu trabalho, meus amigos, minha casa, minhas coisas. Se não me dá prazer, não vale. Posso até estar ganhando bem, mas se eu não estou feliz, eu estou fora. O meu prazer não tem preço e quem me dá prazer, vale tudo pra mim!

E eu me apaixono. E eu exagero. E eu tento me controlar, mas como aquariana, é difícil, quase impossível. Mas apesar dos pesares, é bom ter paixão por alguém ou por alguma coisa. Posso ser exagerada, mas pelo menos eu sou apaixonada. Sempre! Por tudo, por todos e, mais principalmente, pela vida!

19 anos de Rádio Menina FM

Sunday, February 24th, 2008

E hoje foi o tão esperado show de aniversário da Rádio Menina FM de Balneário Camboriú. Dia lindo, sol forte e muito calor, enquanto chovia em Blumenau e Joinville, de onde vieram as amigas Vanessa, Giselle e comitiva. Eu cheguei por volta das 14h30 e aguentei firme debaixo do maior calor para guardar um bom lugar, mas o tempo foi passando e o local foi enchendo… mas tudo bem, nada que ‘chega pra lá’ aqui, outro ‘chega pra lá’ dali não vá abrindo espaço, não é?

A festa contou, entre outros, com shows do sempre charmoso Maurício Manieri, dos animados Tchê Garotos, dos Garotos de Ouro que lançaram o primeiro Cd aqui no Sul feito de material reciclável, ou seja, se você comprar o original, ainda contribui para o meio ambiente. Taí, gostei e vou comprar! Tivemos também a bela voz de Marina Elali que faz sucesso porque emplaca músicas nas novelas da Globo, os simpáticos Pedro e Thiago, a novidade Rud e Robson e Os Nativos, que levantaram a galera com sua gaita (= sanfona) e, claro, a bonitinha mas vazia Kelly Key que, aliás, não virá ano que vem, pois foi tão chata, tão chata, mas tão chata, que o pessoal da produção já avisou: nunca mais!

Gian e Giovani e Rick e Renner fecharam a noite, mas eu não vi, pois já estava no hotel curtindo um papo muito legal com Guto e Nando que fizeram a maior festa no palco e levantaram a platéia com suas músicas animadas… foi lindo ver todo mundo cantando as músicas deles, nossa… eu quase perdi a voz de tanto gritar e cantar com eles. Mas fiquei um pouco enciumada… aquele bando de meninas gritando "lindo, tesão"… não gostei, eles são MEUS! hehehe

Mas quase no finalzinho do show, a produção mandou me chamar e me colocaram no camarim, pois disseram que os meninos queriam falar comigo, uhuuu eu falei que eles são meus (meus queridos, hah!). Os guardas tentando me segurar e a produção falando "Ela é amiga dos meninos, eles é que mandaram chamá-la, eles querem falar com ela, ela tem que entrar"… sorry, pipol!!!! E eu entrei!

Mas como estava a maior muvuca lá dentro e a gente nem ia poder conversar direito, eles pediram que eu fosse ao hotel e, claro, o pedido deles é uma ordem. No hotel, ficamos um bom tempo conversando e dando risada e já fazendo planos para jantar amanhã à noite e para o show de quinta-feira, aqui na cidade… aguardem maiores detalhes, vamos lotar a casa, yeeehaaaaa!

Pontos altos da festa: não tivemos nenhuma briga, o dia foi de muito calor e sol, a produção da Rádio Menina FM e da Tv Mocinha tá de parabéns pela organização e todos estavam muito animados.

Pontos baixos da festa: muita gente fumando (já sei o que farei na próxima vez: vou levar um daqueles incensos anti-tabaco… o cara acendeu um cigarro, eu acendo o incenso… se ele tem o direito de poluir o ar que eu respiro, eu tenho o direito de me defender, certo?), muita propaganda (tá, eu sei, os patrocinadores… mas aquilo era um show, não um programa de rádio) e muitos anúncios de criança perdida… primeiro: ali não é lugar pra se levar criança; segundo: se levar, tome conta, oras! Ou coloque-as naquelas coleiras próprias para crianças não se soltarem dos pais… parece ruim, mas funciona pra caramba!

Em tempo: devido ao eclipse lunar nesta semana, São Jorge devia estar de folga e, portanto, deixou novamente os dragões à solta… nunca vi tanta mulher e tanto homem feio reunidos em um só lugar, cruzes! Aliás, só perdeu para o show do Teodoro e Sampaio em Blumenau ano passado, vich!!! Nada contra, eu também não sou das mais belas, mas faça-me o favor… uma escovadinha de cabelo, um cuidado maior com o corpo e um desodorante antes de sair de casa são itens básicos, neam???

Mas como eu fui lá pra ver Guto e Nando e vi, isso pra mim foi o mais importante… amigos como eles merecem todo meu apoio, carinho e atenção. Agora é trabalhar para lotar o Mein Bier na quinta-feira. Os meninos merecem!

R_G_BC2.jpg

Aqui, Guto e eu em momento "agarro bom" (logo após a foto, ele comentou "Mas que diacho, essa mulher não tem uma gordurinha, que delícia que é dar um agarro nela"… uhuuuu).

R_N_BC2.jpg

E aqui, ganhando o carinho do Nando que, mesmo super cansado, não dispensou um bom papo conosco no hotel. Definitivamente, eu amo esses meninos e faço de um tudo por eles!