Archive for September, 2009

Yuhuuu

Wednesday, September 30th, 2009

… olha eu aqui, gente! Não se preocupem, eu voltei bem de SP e cheia de histórias pra contar, mas a correria tá tanta que ainda não consegui nem baixar as fotos da minha máquina! Mas me aguardem, volto ainda esta semana com muitos posts!!!!

Trânsito parado

Monday, September 28th, 2009

Assim até dá gosto ficar parada no trânsito!

jorgelacerda

Rod. Jorge Lacerda, a caminho do trabalho

Adivinhem…

Saturday, September 26th, 2009

… onde eu vou estar hoje à noite, hã hã???? Aqui, ó! Espero vocês lá, heim?

A pior parte da viagem

Saturday, September 26th, 2009

… é quando estou fazendo a mala!

pom_gu_mala_blog

Pompom Licassi e Gutoenando

Exame periódico

Saturday, September 26th, 2009

Esta semana fui fazer meu exame periódico na empresa. Pressão ok, batimentos cardíacos ok, visão ok… só que na hora que o doutor pegou minha ficha, ele disse: “É, 5 kg de Bunge”, mas eu achando que ele estivesse se referindo ao meu tempo de casa, disse: “Não, eu estou aqui há apenas um ano e meio” e ele repetiu “Sim, 5 kg de Bunge… você engordou 5 kg desde que começou a trabalhar aqui há um ano e meio”… buaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa e isso porque faço academia 3x por semana e rodo duas vezes a praia de bicicleta (cerca de 28 km) pelo menos 2x por semana! Imagina se eu não fizesse isso comendo do jeito que como?

Hungry

Frase do dia

Friday, September 25th, 2009

“Homens são como um bom vinho. Todos começam como uvas, e é dever da mulher pisoteá-los e mantê-los no escuro até que amadureçam e se tornem uma boa companhia pro jantar”

Viver a vida

Thursday, September 24th, 2009

Pois é, fiz as contas e faltam apenas 3 anos para eu me aposentar. E sabem o que vai acontecer? Do que vou viver? Disso aqui, ó:

gatos_eu

Ah, claro: eu me preocupando com o Gu pesando 8 kg e vejam o que eu li na internet!!! Ai que delícia, é muita fofulência!!! 🙂

Filhos…

Thursday, September 24th, 2009

Com é bom sentir orgulho dos filhos, né? Na quinta passada, pela manhã, eu levei a Katita, o Pompom e o Gutoenando ao dentista para limpeza de tártaro (Mimi, Paco e Shania já tinham ido na semana anterior) e ao voltar lá para buscá-los à noite, eles estavam meio sonolentos por causa da anestesia, mas estavam bem.

Ao voltar no sábado para buscar mais um remédio que faltava, conversei com o veterinário sobre a cirurgia e ele perguntou como eles estavam. Eu falei que a Katita tinha babado a noite toda, que o Pompom veio reinando e rosnando pra mim, super bravo e que o Gu tava na maior calmaria.

Aí ele disse: “A Katita foi a primeira que operamos, engraçado ela babar tanto assim. Já o Pompom foi o que nos deu o maior trabalho, pois ficou fazendo fusss o tempo todo… é porque ele viu a gente tirando o Gu primeiro e se estressou“. Aí eu perguntei sobre o Gu e ele disse “Ah, o Gu é super querido… um gato muito fofo, tranquilão, todo mundo aqui na clínica ficou apaixonado por ele“… deu pra imaginar minha cara de satisfação, né? Mãe babona, toda orguhosa do seu filho, ai, ai… é o meu bebê!!!

Pedido

Wednesday, September 23rd, 2009

Alguém aí tem uma mudinha dessa planta? Eu quero muiiiiiito!

planta_gato

Competir pra que?

Tuesday, September 22nd, 2009

A vida é uma competição, não adianta. Mas não deveria ser. O que a gente ganha com isso? Uma medalha? Dinheiro? Fama? De que adianta tudo isso se a gente não se diverte nem aproveita a vida e só se preocupa com o primeiro lugar?

No sábado, ao tentar sair do elevador no térreo, fui surpreendida por dois garotinhos tentando entrar correndo e competindo quem seria o primeiro. Eu consegui desviar dos dois e, ao sair, ouvi um deles dizendo “Entrei primeiroooooo!!”.

Aí eu fiquei pensando: e que graça tem isso? Além do mais, eles poderiam ter causado um acidente, pois se eu não tivesse desviado a tempo, eles poderiam ter se machucado ao bater com a cabeça no capacete da minha bike que eu levava na mão. E o pai não falou nada, só ficou olhando…

Já ontem de manhã, na praia, vi uma mãe falando com um de seus filhos que estava chorando. Ao lado, o pai e outro irmão menor apenas ouviam. E ela dizia “Mas nós não estamos competindo, isso não é uma competição, nós só estamos brincando“… mas o garoto chorava e chorava e chorava…

É, a sociedade faz isso com as pessoas: quem não é o primeiro, quem não compete, quem não ganha, sofre!!! Mas a gente precisa sempre competir? Não é melhor se divertir? Eu não me importo em não ser a primeira, a melhor, contanto que eu seja feliz e esteja me divertindo, tuuuudo bem!!!

#1 Ribbon